sábado, 23 de abril de 2011

Ana e JAna



Desculpa a demora Ana, estava afastada de tudo.
Poema de Janaína para sua namorada Ana Rafaela.


Janaína Lima

Não há ‘Ana sem Jana’ porque não há ‘JAna sem Ana
Em você reflete a minha luz
Que a mim retorna com a plenitude do Sol
Pode passar o tempo que for e a nossa realidade não mudará
Nascemos para aprendermos o verdadeiro sentido da vida juntas
Vivermos o que é amar
Regando todos os jardins por onde passarmos com o nosso amor
Espalhando felicidade por onde há desesperança
Seremos provadas e acataremos o que vier com serenidade
Firmes sobre o alicerce da nossa construção até o fim dos nossos dias
Com a altivez de um nobre e com a humildade de um plebeu
Buscando em cada acontecimento a sua grandeza
Então, tudo o que fizerem objetivando a nossa separação
Servirá tão somente para nos aproximar ainda mais
Espiritualmente, somos unidas por uma missão e dela não podemos fugir
Provarmos que o amor não tem forma ou matéria
Que só à ELE cabe o poder do julgamento!
Misericórdia à todos os que nos vêem com olhos de desprezo
Alimentando suas enfermidades
Aos que restringem o significado de família ao cumprimento de normas
Ao seguimento de dogmas avessos à aceitação do ser humano como semelhante
Aceitação incondicional
Fazendo-os se sentirem o próprio Deus.
Misericórdia, neste momento em especial
Àqueles que têm coragem de usar de imensurável e absurda prepotência
Em prol do prevalecimento da ignorância e do egoísmo
Este que massacra almas e devasta corações!
Misericórdia...
Talvez não acreditem que, no fim, tudo é um recomeço...
Recomeçaremos quantas vezes se tornar necessário
E desejamos aos que hoje alegram-se com a nossa tristeza
O merecimento de poderem viver a experiência de um grande e verdadeiro amor!

Janaína Lima

3 comentários:

Anônimo disse...

Amor, procuramos em sensações apenas terrenas mas, ele só é de fato existente quando duas almas se encontram, que esse sentimento entre vcs seja alimentado todos os dias com muito carinho, compreensão e que cada dia seja um novo recomeço.

carol disse...

o filme é ótimo, não gostei do final.Assistam, recomendo

Educação a Distância e Música disse...

Ah!!!!!!!!!!!!! Poema lindo!!! Adoro escrever também, nada como tocar algum instrumento e escrever para desabafar, limpa a alma...
Se puder, sigam: http://pattypianista.blogspot.com/