quinta-feira, 8 de abril de 2010

Mädchen in Uniform - Raparigas em Uniforme (1931)




Drama / Romance - 98 minutos
Produção: Alemanha
Direção: Leontine Sagan
Elenco: Hertha Thiele, Emilia Unda, Dorothea Wieck, Hedwig Schlichter, Ellen Schwanneke

Sinopse:
Mädchen in Uniform conta já com quase 80 anos de existência e é daqueles filmes que podemos olhar com admiração porque é um objecto cinematográfico que passou por muita censura e no entanto conseguiu perdurar e encontrar o seu lugar na sétima arte, foi o primeiro filme a realmente retratar uma história de amor entre duas mulheres.

Mädchen in Uniform conta a história de Manuela, uma jovem de 14 anos que é posta num internato feminino pela sua tia distante e fria. Tendo a sua mãe falecido, o seu pai é incapaz de cuidar dela ela é colocada naquele internato numa fase mais vulnerável da sua vida. As residentes em Podstam são tipicas adolescentes e sente um grande sentido de união entre todas e o regime que é empregue naquele internato é rigoroso, austero e sobretudo ausente de emoções. A contrabalançar este ambiente autoritarista, encontramos Fraulein von Bernbur, uma professora por quem todas as alunas nutrem uma admiração especial e que é a favor de uma relação mais maternal com as alunas. Manuela não é indiferente à sua professora e muito menos o contrário, porém ambas encontram-se num ambiente hostil, onde o formalismo e o dever moral deve falar mais alto e então os sentimentos são geridos com silêncios, olhares e pequenos gestos...

As legendas foram traduzidas por mim, desculpem possíveis erros.

Link para baixar: http://www.megaupload.com/?d=BGMZYRDT

7 comentários:

naomi disse...

á procurei esse filme em vídeo e não achei, que ótimo vê-lo por aqui!

Anônimo disse...

Mais uma vez quero dar meus parabéns pelo belo trabalho que vem sendo desenvolvido por vocês.
PARABÉNS
por: Lanzinha

Anônimo disse...

Este filme só vai prestar quando for regravado em época de 2010 rsrsrs.
Aí sim nós vamos ver cenas de beijos verdadeiros. Sem enrrolação
que nem o The L Word

Anônimo disse...

Antes de mais nada parabéns por esse achado e sem sombra de dúvida essa é a versão mais alinhada à "causa" do que a de 1958(embora tenha a linda Romy Schneider).A sensação que eu tive é que esse filme antecipa aquela Alemanha que se tornou uns anos depois o paraíso dos homossexuais antes da ascenção do nazismo. A versão de 1958 mostra de certa forma a outra tendência: a de "mascarar" a homossexualidade. Vejo na admiração exagerada das meninas e sua manifestações como algo extremamente gracioso.Recordou-me meus anos de colégio e uniformes clássicos que todas odiávamos e hoje achamos elegantes(os do filme são muito feios...rsrs).Um clássico do gênero. Mais uma vez parabéns e obrigada.

lost disse...

Barbaro! Foi maravilhoso encontrar esse filme, estava a muito tempo querendo assistir. Galerinha só veja se você estiver dispoto a ter contato com um "cinema de qualidade".

Anônimo disse...

link fora do ar

Anônimo disse...

Link off